Home / Notícias / A Engenharia e as oportunidades da Indústria 4.0

A Engenharia e as oportunidades da Indústria 4.0

Os engenheiros que desejam obter mais sucesso em sua profissão, precisam estar atentos às oportunidades oferecidas pela Indústria 4.0. Esse momento da economia, conhecida como a quarta revolução industrial, está impulsionando uma série de mudanças no mercado de trabalho, começando pela integração de tecnologias como automação, Internet das Coisas (IoT) e Inteligência Artificial (IA). Isso está gerando demanda por novas profissões e habilidades.

Novas profissões impulsionadas pela Indústria 4.0

Nos últimos anos, o mercado foi transformado por novas tecnologias ou tecnologias aprimoradas, como é o caso da IA e também machine learning (ensino de máquinas com algoritmos de programação com base em experiências passadas, padrões de dados e previsões) e blockchain (tecnologia para criação de banco de dados utilizando criptografia e consenso para segurança e integridade de transações). Agora, especialmente o setor industrial, necessita da contratação de profissionais com novas especialidades, ou seja, com profissões impulsionadas pela Indústria 4.0. Veja exemplos!

• Engenheiro de cibersegurança
• Analista de Dados
• Desenvolvedor de Software
• Operador de Máquina Automatizadas

Habilidades essenciais para engenheiros na era digital
Tanto os novos profissionais quanto aqueles que já atuam no mercado há bastante tempo precisam, para enfrentar os desafios dessa Era Digital, desenvolver habilidades técnicas específicas – sobretudo transversais), valorizadas em um ambiente de trabalho colaborativo e diversificado. Podemos começar citando, como exemplo, a capacidade de se adaptar às mudanças tecnológicas e, por consequência, novas exigências do mercado. Também capacidade de pensamento crítico, analisando informações e tomando decisões de forma racional.

Além disso, há outras habilidades valorizadas pelo mercado atual. Por exemplo, a capacidade de identificar e resolver problemas complexos. Depois, a capacidade de se comunicar de forma clara e eficaz, tanto de forma oral quanto escrita. Por fim, a capacidade de trabalhar de forma colaborativa com outras pessoas.

 
Fonte: Site Metrópoles